Do homem é errar, e das bestas, teimar.

Do homem é errar, e das bestas, teimar.