A azeitona é como as formigas: às vezes muita e outras nenhuma

A azeitona é como as formigas: às vezes muita e outras nenhuma